5 june 2016

Terremoto no Equador: Veolia se mobiliza para fornecimento de água potável

Desde o terremoto de magnitude 7,8 na escala Richter, no sábado dia 16 de abril, a Veolia e suas equipes locais da Interagua se colocaram imediatamente à disposição para fornecer água potável à população e para trabalhar para que a planta de tratamento de água da cidade de Manta volte a funcionar.

  • Equador foto 1
  • Equador foto 2
  • Equador foto 3
  • Equador foto 4


O epicentro do abalo sísmico ocorreu no norte do Equador, nas províncias de Manabi e Esmeralda afetando mais fortemente as cidades de Portoviejo, Manta, Bahia de Caraquez e Pedernales. 
 
Em 16 de abril, a Interagua, filial da Veolia no Equador, disponibilizou 26 caminhões de água aos habitantes locais. Além disso, uma equipe local de 16 especialistas, incluindo sete engenheiros fez o possível para que a planta de tratamento de água na cidade de Manta, ao norte de Guayaquil, operasse novamente, restaurando assim o fornecimento de água potável em Manabi. Logo, uma segunda equipe da Veolia coordenou com a Senagua para inspecionar Estancilla, a planta de tratamento de água em Sucre, que fornece água para as cidades de Bahia de Caraquez, San Vicente, Calceta, Junin e Tosagua. Além de estar planificado inspecionar a planta de tratamento de água de Chone.
 
Em menor medida, Guayaquil também tem sido afetada pelo terremoto. Interagua, que gestiona a concessão de água da cidade, conseguiu normalizar o serviço de água potável em menos de doze horas. O prefeito de Guayaquil, Jaime Neblot, agradeceu publicamente o apoio oferecido aos afetados pelo terremoto.
 
Respondendo às necessidades da assistência internacional das autoridades equatorianas, no dia 23 de abril o Ministro de Assuntos Exteriores da França enviou um avião com 30 militares para a proteção civil. Veolia se uniu à mobilização para fornecer três unidades móveis de tratamento de água, Aquaforce, facilitados pela Fundação Veolia e cinco engenheiros voluntários.    
 
Atualmente, 2 unidades móveis Aquaforce500 produzem 40 mil litros de água por dia para abastecer a cidade de Calceta (22,000) na província de Manabi. Uma unidade de Aquaforce produz 40 mil litros de água por dia para abastecer tanques de água para populações dentro de um raio de 30 km ao redor da zona do desastre. Uma outra unidade Aquaforce500 abastecerá em breve uma cidade próxima à Calcetta. Junto aos militares, voluntários da Fundação da Veolia garantem a produção e distribuição de água potável à população.
 
Infográfico Veolia Equador
Para mais informações:
- A Fundação Veolia e suas emergências humanitárias  
________________________________

Senagua é a autoridade pública responsável pela gestão dos recursos hídricos do Equador. 
 
Aquaforce 5000 é capaz de abastecer 20 litros de água potável por pessoa por dia de uma população de 5 mil habitantes